Localidade
...

Ligue a navegação novamente para reinicializar o Google Maps.

Como uma ideia simples pode se tornar uma empresa de nível mundial

A ideia era criar algo que ainda não existia. A inspiração veio quando um de nós estava trabalhando em um lugar muito agradável próximo dos canais. O ambiente era gostoso, e as pessoas ficavam se perguntando se poderiam alugar uma mesa ou ficar para o almoço. Disso surgiu a ideia de que o trabalho poderia ser bem mais divertido, eficiente, inspirador e produtivo ao compartilhar ideias e espaços com pessoas que pensam parecido. E esse foi o início do Spaces. O Spaces foi fundado em 2008 para atender à necessidade das pessoas de trabalharem em um lugar estimulante, inspirador e divertido.

Um lugar para trabalhar, encontrar e se conectar com pessoas que pensam como você.

Nossos escritórios são projetados em torno de um ideal social, e prezamos por nossa comunidade de criadores e pensadores. O Spaces oferece um ambiente funcional e convidativo, com móveis sofisticados, soluções personalizadas de trabalho e uma paleta de cores acolhedora. Acreditamos que nossos belos espaços de trabalho respaldam e estimulam a flexibilidade e a interação ao criar novas formas de trabalho e colaboração.

Quando começamos a pensar em como seria o Spaces, queríamos um lugar de trabalho incrível desde o início, onde as pessoas pudessem se envolver com o ambiente animado e sentir a energia. É aqui que você encontra nossos agradáveis recepcionistas, o gerente da comunidade e um café delicioso. Internet rápida e café quente são o combustível empresarial para a economia moderna.
Nos andares superiores, temos escritórios para empresas de todos os tamanhos. Porém, a verdadeira mágica acontece no térreo. Aqui você também pode encontrar essa sintonia única do Spaces: empresas e pessoas se unindo, compartilhando bebidas, ideias, pensamentos e incentivando as propostas umas das outras. É como se fosse um caldeirão econômico, um ideal social.

Em outubro de 2008, inauguramos nosso primeiro empreendimento na Herengracht, um dos canais históricos de Amsterdã. E então a Lehman Brothers entrou em colapso. Pensamos que isso seria o fim para nós, já que uma economia mundial em crise não é o melhor período para iniciar uma nova empresa. Porém, conseguimos superar essa fase. Por causa da crise, todos estavam procurando mais flexibilidade e repensando a forma de trabalhar. Você não precisa mais de um monte de contratos para alugar um espaço de escritório inteiro e usar só parte dele. Começamos com planos de associação, assim como academias. Mas ao contrário das academias, que de fato se beneficiam dos membros que nunca aparecem, queríamos que nossos membros viessem todos os dias. À nossa volta, a economia estava desmoronando, mas o Spaces Herengracht estava lotado desde o início.

Após um ano, inauguramos outro Spaces, na matriz abandonada da Ernst&Young no distrito financeiro de Amsterdã. Depois disso fomos para Haia, Roterdã e outras localidades em Amsterdã. Tudo isso em prédios que antes eram usados por grandes corporações, e que se tornaram metros quadrados vazios esperando para serem ocupados. Nós realmente não gostamos dessas recepções gigantes, brilhantes e vazias, às vezes com um sofá e talvez uma planta. Quando assumimos um prédio, fazemos com que ele ganhe vida novamente, preenchendo-o com energia, de forma muito orgânica.

O Spaces sempre procura edifícios existentes e com um andar principal, porque é onde mostramos o que fazemos de melhor. E agora, também em escala internacional. Em 2015, abrimos escritórios em Londres, Melbourne e Nova York. Inicialmente, foi uma experiência piloto, para ver se havia também uma demanda internacional para o que temos a oferecer, e fomos muito bem recebidos. Então, começamos a acelerar nosso modelo de negócio. Atualmente, temos 111 localidades em todo o mundo. De Amsterdã a Seul, de Umhlanga a Herzliya, da Cidade do México a Cingapura: o número de locais só aumenta. A economia do coworking aumentará nos próximos anos: atualmente, 3% de todos os negócios imobiliários estão focados em coworking. Nosso objetivo é ter 200 localidades em 150 cidades até 2019.

Em todos esses lugares, onde quer que estejam no mundo, você sentirá a sintonia do Spaces, uma energia positiva. Com o Spaces, mudamos aquela sensação ruim de “ir para o escritório”. Ir para o escritório não é mais uma obrigatoriedade, com uma atividade restritiva em um prédio feio e com iluminação ruim. Acreditamos sinceramente que todas as grandes cidades do mundo precisam de um Spaces. Um ambiente bonito, projetado por um ótimo arquiteto, onde você vai para trabalhar, conhecer pessoas, se inspirar, ser produtivo e fazer conexões. E, claro, para beber um ótimo café.

Share this article
Fácil como brincar de LEGO Read now Fácil como brincar de LEGO Domine a arte da comunicação Read now Domine a arte da comunicação